PSDB de Santa Catarina fortalecido.

Gervásio Silva, Sérgio Guerra e Paulo Bauer

(Da Coluna do Prisco Paraíso, A Notícia, 29/04/2010)

Presidente nacional do PSDB, o senador Sérgio Guerra (PE) assimilou com naturalidade a comunicação dos tucanos de Santa Catarina de que candidatura própria ao governo é fundamental para preservar a unidade partidária. E até os estimulou a consolidar o projeto sucessório.

Sérgio Guerra também garantiu autonomia à sigla no Estado para negociar com outras legendas, como DEM, PMDB e PP, sem correr o risco de ser atropelada por entendimentos pilotados em Brasília ou São Paulo.

O presidenciável José Serra seria inteirado ontem mesmo do teor da conversa com a comitiva catarinense, mas Sérgio Guerra fez um apelo ao pedir a formação de um forte palanque para receber o candidato tucano à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A cúpula nacional descarta qualquer possibilidade de três palanques para José Serra em Santa Catarina. O ideal seria um único, mas na impossibilidade, no máximo dois, como vai ocorrer em alguns Estados.

O presidente em exercício do PSDB, Beto Martins, saiu do encontro convencido de que o comando estadual estará à mesa para qualquer deliberação futura. Legitimado e credenciado, Beto Martins vai procurar os pré-candidatos Eduardo Moreira, (PMDB) e Raimundo Colombo (DEM) para rediscutir a tríplice aliança. Também admite conversar com a deputada Angela Amin (PP).

Avanço

“O cerco esta se fechando. O partido esta pressionando e a família afrouxando”, declarou Leonel Pavan durante as solenidades de ontem, no Vale do Itajaí, ao responder sobre a possibilidade de ser candidato ao governo.

Descartando qualquer decisão antes do final de maio, o governador lembrou que não tem impedimento legal, caso queira buscar a reeleição. Na hipótese de o governador Leonel Pavan não encarar o desafio eleitoral, o deputado federal Paulo Bauer é o nome natural.

Estrada

Paulo Bauer deflagra a partir de hoje, em Tubarão, sua peregrinação majoritária. Amanhã em Araranguá, também em encontro regional. Criciúma ficou para o retorno do prefeito Clésio Salvaro, que está em viagem à Espanha. Em Joinville será no próximo dia 15. O ex-prefeito Marco Tebaldi prometeu reunir 750 lideranças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s