A Dilma é tão cristã quanto o Edir Macedo?

Nós cristãos sairemos vitoriosos dessa eleição. Conseguimos colocar na pauta política temas como a discriminalização do aborto, “casamento” homosexual, lei da mordaça e adoção por duplas do mesmo sexo (Sim, duplas. Casal é um macho e uma fêmea, oras!).

O grande mérito fica aos evangélicos, que sairam na frente e mobilizaram seus fiéis para que ficassem atentos não apenas às propostas, mas também aos valores defendidos pelos candidatos e seus partidos. Nós católicos demos nossa contribuição, mas infelizmente existem membros da Igreja que preferem Lula à Cristo.

Não passa pela cabeça de ninguém combater o caráter laico do Estado. É justamente esta caracterítica que nos permite expor nossa crença e, democraticamente, exigir de nossos representantes posturas compatíveis com os valores que carregamos. Somos maioria e podemos influenciar no processo. Ou a maioria só vale quando fala a língua do PT?

A união de protestantes e católicos em defesa da vida nos trouxe a maior vitória política dos Cristãos nas últimas décadas: a adesão de Dilma à teses que ela própria rejeita foi.  Isso é de um simbolismo genial. “Convertemos” a terrorista, abortista e ex-atéia Dilma Rouseff. Agora ela se diz cristã católica, apararece em foto ao lado do Papa, se diz “família”, essas coisas. Tudo mentira, é claro. O único líder dito cristão que comunga das mesmas idéias do Dilmão é esse auto-intitulado Bispo aí embaixo. Vejam o que ele diz e julguem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s