Como diz o poeta: quem duvida é louco…

Marta fala mal do governo do PT. Dirceu fala mal do governo do PT. A Fundação Perseu Abramo fala mal das escolhas econômicas do governo do PT. Qual a chance de ser tudo armado para concentrar o desgaste na Presidente que não pode se reeleger e no Ministro com cara de tucano, livrando assim a … Continue lendo Como diz o poeta: quem duvida é louco…

Sobre declarações do Papa.

Mudando de assunto. Recentemente o Santo Padre, o Papa Francisco, tem dado declarações tidas por alguns como "polêmicas" ou de mudança da doutrina católica. A última foi esta sobre o número de filhos e a paternidade responsável. As palavras do Papa podem parecer surpreendentes para quem não segue a Igreja, mas para os católicos não … Continue lendo Sobre declarações do Papa.

Por que Dilma aumenta os impostos?

O aumento de impostos não vem do nada. A outra opção para o PT gerar o superávit necessário para "recuperar a credibilidade" da economia seria cortar gastos do governo. Gastos que eles mesmo elevaram ao longo destes anos, sem se preocupar com a credibilidade que eles mesmos perderam. O retorno da CIDE, o aumento da … Continue lendo Por que Dilma aumenta os impostos?

“30 Anos de Democracia”, análise do ITV

Há exatos 30 anos o país reconquistava a condição de país democrático com a eleição de Tancredo Neves. Começava ali um período de sucessivas transformações que modernizaram o Brasil, restauraram o equilíbrio econômico e promoveram avanços nos direitos sociais da população. Tudo começou naquele 15 de janeiro de 1985. Tancredo foi eleito pelo voto indireto … Continue lendo “30 Anos de Democracia”, análise do ITV

Comentários sobre o atentado na França, no jornal Charlie Hebdo.

Os dois mil que morreram nos últimos 5 dias na Nigéria, em ataques do grupo fundamentalista terrorista islâmico (um dos...) não eram Charlie. (http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/01/cerca-de-2-mil-foram-mortos-em-cinco-dias-de-ataques-de-radicais-na-nigeria.html) Os milhares morrendo nas mãos do "Estado Islâmico" - com quem a Dilma recomenda que se negocie - não eram Charlie. Mas todos mereceriam a mesma comoção, indignação e reação dedicada ao … Continue lendo Comentários sobre o atentado na França, no jornal Charlie Hebdo.