Comentários sobre o atentado na França, no jornal Charlie Hebdo.

Os dois mil que morreram nos últimos 5 dias na Nigéria, em ataques do grupo fundamentalista terrorista islâmico (um dos...) não eram Charlie. (http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/01/cerca-de-2-mil-foram-mortos-em-cinco-dias-de-ataques-de-radicais-na-nigeria.html) Os milhares morrendo nas mãos do "Estado Islâmico" - com quem a Dilma recomenda que se negocie - não eram Charlie. Mas todos mereceriam a mesma comoção, indignação e reação dedicada ao … Continue lendo Comentários sobre o atentado na França, no jornal Charlie Hebdo.