AGORA SÓ FALTA A DILMA SAIR E O PARLAMENTARISMO SER OFICIALIZADO.

Na prática, Michel Temer tornou-se o Chefe de Governo, apoiado na força do PMDB nas duas casas legislativas. Dilma tornou-se figura representativa, ocupa o cargo mas já não detém nem a força política, nem a legitimidade do apoio popular.

Há quem veja de maneira negativa o comando ter passado para o PMDB. Não eu. Uma das virtudes do parlamentarismo, no meu entender, é justamente trazer à luz as forças políticas presentes no Congresso. Afinal, mesmos antes, quando o PT usava e abusava do Executivo, era com a maioria do Congresso que buscavam compor (ou comprar).

No parlamentarismo, se a população não deseja que Renans, Sarneys e Cia. dominem o governo, sabem que não podem votar no deputado do PMDB da sua região. E, por outra via, se os bons deputados federais e o bom Senador do PMDB de Santa Catarina (por exemplo) não desejam ser tomados pela régua que mede estes líderes, buscarão mudar o comando do partido ou mudar de partido.

O importante é que fica claro. No modelo atual, aparece um salvador da pátria ou um poste bem vendido, apoiados na demagogia e no populismo econômico, ganham o poder executivo e fazem o loteamento do governo entre os “aliados”. Estes, por sua vez, oferecem (ofereciam, pelo menos) a pretensa fidelidade da bancada. Aquela bancada que o eleitor médio elege sem se dar conta de estar contribuindo para o empoderamento dos caciques.

Fico feliz com o fortalecimento do Parlamento. O PMDB é o maior partido nas duas casas, merece governar. Quem estiver descontente, que pense em ajudar a formar uma nova maioria nas próximas eleições.uma nova maioria nas próximas eleições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s