“O professor de História que não é de esquerda”, por Paulo Briguet.

Hoje quero falar de um herói brasileiro: o professor de História que não é de esquerda. É verdade que todo ofício tem os seus ossos, mas o ofício do professor de História não esquerdista é um ossuário do Khmer Vermelho. Nada se compara às dificuldades deste mártir da educação. Perto dele, nossos problemas são idílicos. … Continue lendo “O professor de História que não é de esquerda”, por Paulo Briguet.

“Por novas eleições presidenciais”, artigo do Tarso Genro, publicado na FSP em 25 de janeiro de 1999. Atualíssimo!

(São Paulo, segunda, 25 de janeiro de 1999, leia no site da Folha de São Paulo: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz25019908.htm) Tarso Genro A nação brasileira está colocada diante do mais grave desafio da história da República. Precisamos definir rapidamente, diante do processo em curso de acelerada degradação nacional e de desagregação social, no bojo da nossa maior crise econômica … Continue lendo “Por novas eleições presidenciais”, artigo do Tarso Genro, publicado na FSP em 25 de janeiro de 1999. Atualíssimo!

“30 Anos de Democracia”, análise do ITV

Há exatos 30 anos o país reconquistava a condição de país democrático com a eleição de Tancredo Neves. Começava ali um período de sucessivas transformações que modernizaram o Brasil, restauraram o equilíbrio econômico e promoveram avanços nos direitos sociais da população. Tudo começou naquele 15 de janeiro de 1985. Tancredo foi eleito pelo voto indireto … Continue lendo “30 Anos de Democracia”, análise do ITV

“Areia Movediça”, por Naercio Menezes Filho, no Valor Econômico.

(Valor Econômico - 21/12/2012) Os últimos resultados do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) foram decepcionantes e pioraram as expectativas dos agentes econômicos com relação ao crescimento econômico desse ano e para o ano que vem. Os investimentos estão estagnados e estamos perdendo terreno em relação aos demais países emergentes. Em vista disso, o governo … Continue lendo “Areia Movediça”, por Naercio Menezes Filho, no Valor Econômico.

“O fingimento como tradição e método”, por Rosângela Bittar.

(Valor Econômico - 14/03/2011) O PT entra no décimo ano de governo federal, quatro ministros do Planejamento depois - Guido Mantega, Nelson Machado, Paulo Bernardo, Miriam Belchior -, sem haver conseguido implantar, nem mesmo iniciar a discussão de um projeto de Orçamento real para a União. Esse sempre foi o chamado cartão de visitas dos governos petistas, aliás o … Continue lendo “O fingimento como tradição e método”, por Rosângela Bittar.

Onde anda o voto de opinião? Artigo de Ricardo Salles, no Estadão.

Fim do voto de opinião ou da opinião em si? Por: Ricardo Salles (O Estado de São Paulo, 07/03/2012) Você já deve ter ouvido algum cientista político dizer que não há mais espaço para o chamado voto de opinião, que teria perdido espaço para o voto corporativo e para o voto de liderança, sem falar nas … Continue lendo Onde anda o voto de opinião? Artigo de Ricardo Salles, no Estadão.

“O surpreendente PT”, no Correio Braziliense.

Por: Carlos Alexandre Em política não há inimigos eternos, mas não deixa de surpreender a alta cúpula do Partido dos Trabalhadores receber com pompa e deferência Gilberto Kassab, até outro dia integrante das fileiras da oposição nos quadros do Democratas, durante o aniversário do PT. Ao fundar o PSD, Kassab se apresenta como o fiador … Continue lendo “O surpreendente PT”, no Correio Braziliense.

“O risco para os outros de um PT na defensiva”, por Rosângela Bittar (Valor Econômico)

(Rosângela Bittar - Valor Econômico, 30/11/2011) Quando o Partido dos Trabalhadores se volta contra a imprensa, de forma insistente e um tanto ansiosa, como agora, é porque que está na defensiva. Uma fase em que o partido não pode, ou não quer, assumir suas preocupações como elas são de fato: manter e se possível ampliar … Continue lendo “O risco para os outros de um PT na defensiva”, por Rosângela Bittar (Valor Econômico)

“Censo e crescimento econômico”, do Valor Econômico.

(Jorge Arbache - Valor Econômico - 28/11/2011) Os resultados do Censo 2010 recentemente divulgados pelo IBGE indicam que o Brasil avançou em muitas áreas na última década. Observou-se, por exemplo, melhoria na distribuição da renda pessoal e regional, queda da mortalidade infantil e do analfabetismo e aumento do acesso aos serviços públicos. O Censo também confirmou … Continue lendo “Censo e crescimento econômico”, do Valor Econômico.

“Quanto custa o inchaço da máquina pública”, (do Correio Braziliense)

(Cristiane Bonfanti - Correio Braziliense - 28/11/2011) Com 38 ministérios e a incorporação de 221 mil servidores, as despesas da União com salários subiram 172% desde 2002. Segundo dados da organização não governamental Contas Abertas. Só em Brasília, no Executivo, entraram mais de 20 mil funcionários. Para acomodar tanta gente, a Esplanada dos Ministérios já não … Continue lendo “Quanto custa o inchaço da máquina pública”, (do Correio Braziliense)