Dois momentos da guerra ao terrorismo: prisão de Saddam e morte de Osama.

Como os presidentes americanos comunicaram oficialmente os dois fatos: O engraçado é que o presidente odiado pela esquerdalha mundial, o "linha dura", bronco, que era comparado à Hitler em algumas peças, deu ao seu terrorista a chance de julgamento. Já Obama, o queridinho dos progressistas... O mundo dá voltas mesmo. Os vídeos abaixo são interessantes … Continue lendo Dois momentos da guerra ao terrorismo: prisão de Saddam e morte de Osama.

Guerra é contra o terrorismo, não contra o islã.

(Da Agência  ZENIT.org  4 de maio 2011) Dom Pompili: É preciso dar um basta ao choque de civilizações  - “O presidente Obama, ao anunciar a morte de Bin Laden, procurou deixar claro que a guerra não é contra o islã, mas contra o terrorismo”. Isso é o que reafirma, em Roma, Dom Domenico Pompili, porta-voz da … Continue lendo Guerra é contra o terrorismo, não contra o islã.